Livros que li

O Castelo Animado – Diana Wynne jonescasteloanimadolivro01

A jovem Sophie é surpreendida pela perversa Bruxa das Terras Desoladas enquanto trabalha, entediada, na chapelaria da família. Por motivos que ela desconhece, a Bruxa, a transforma numa velha de 90 anos, e Sophie não vê outra saída senão fugir para evitar a dor de não ser reconhecida por suas irmãs. Vagando sem rumo, a “jovem senhora” acaba na porta dos fundos do castelo do terrível Mago Howl, conhecido por devorar o coração das moças do povoado.

Por mim: Um dos meus livros favoritos. Um livro sobre magia e fantasia, que nos ensina sobre vaidade, humanidade e os segredos que carregamos (e descobrimos) em nosso caminho.
A cada página uma nova surpresa, um novo conhecimento. Dizem que há males que vêm para o bem, certo? Sophie que ao início da história aceita seu fado e se sente infeliz, por meio desta maldição encontra a oportunidade buscar o que tanto desejava: seu próprio destino; uma vida de aventuras que jamais acreditou que poderia viver. E, acaba se tornando muito mais ela mesma, sem medo de falar o que pensa e fazer o que tem vontade, como se não tivesse mais nada a perder.
Filosófico, inteligente, poético e bem-humorado, ‘O Castelo Animado’ mescla o fantástico texto de Jones com ilustrações inspiradas no sofisticado traço de Miyazaki. Encantamento garantido para todas as idades.

joyland-stephen-king-suma-de-letras

Joyland – Stephen King

Um pequeno conselho: não se aventure na roda-gigante em uma noite chuvosa.

Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer.

Por mim: Devin Jones é um estudante de 21 anos que arruma um emprego de verão no parque de diversões JOYLAND para conseguir dinheiro para os estudos e tentar esquecer a garota que partiu seu coração. Mas acaba encontrando algo mais terrível: o legado de um serial killer, o destino de uma criança a beira da morte e as verdades obscuras sobre a vida – sobre o que vem depois – e isso irá mudar seu mundo para sempre.
A leitura me deixou saudosa, triste, feliz… me despertou emoções, despertou até um antigo sonho de ser escritora.

O dia do Curinga – Jostein Gaarder

“Você já pensou que num baralho existem muitas cartas de copas e de ouros, outras o-dia-do-curingatantas de espadas e de paus, mas que existe apenas um curinga?”, pergunta à sua mãe certa vez a jovem protagonista de O mundo de Sofia.
Esse é o ponto de partida deste outro livro de Jostein Gaarder, a história de um garoto chamado Hans-Thomas e seu pai, que cruzam a Europa, da Noruega à Grécia, à procura da mulher que os deixou oito anos antes. No meio da viagem, um livro misterioso desencadeia uma narrativa paralela, em que mitos gregos, maldições de família, náufragos e cartas de baralho que ganham vida transformam a viagem de Hans-Thomas numa autêntica iniciação à busca do conhecimento – ou à filosofia.
O dia do curinga é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica – e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.

Por mim: Uma história onde o leitor deixa sua imaginação fluir e assim faz uma viagem ao interior de si mesmo, em busca de conhecimento. As novidades, despertam a atenção e depois caem no esquecimento. O sopro do tempo nos perpassa, nos carrega e se incorpora a nós. Depois se desprende de nós e nos deixa cair. Somos arrebatados como num passe de mágica e depois novamente abandonados. Sempre há alguma coisa fermentando, à espera de tomar nosso lugar. Isso porque não temos um solo firme sob os nossos pés. Não temos sequer areia sob os pés. Nós somos areias.

Eu, Você e A Garota Que Vai Morrer – Jesse Andrews

EUN_VOCE_E_A_GAROTA_QUE_VAI_MO_1433170067450481SK1433170067B

Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.

Por mim: A narrativa é em primeira pessoa e Greg Gaines fala diretamente com o leitor. Ele fresca com o livro o tempo todo, tira sarro de si mesmo e mantém um papo com o leitor o tempo todo.Ele estuda no colégio Benson, agora é veterano e tenta passar o tempo socialmente invisível. Cumprimenta pessoas de diferentes grupos, mas faz de tudo para não ser rotulado em nenhum. Greg tem medo de se envolver com as pessoas, até seu melhor amigo ele chama de colega de trabalho.
Manter-se alheio a grupos e tribos é a estratégia de sobrevivência adotada por Greg em meio à caótica fauna adolescente – e são poucos os gordinhos que, como ele, conseguem chegar incólumes ao último ano da escola. Sua única companhia razoavelmente constante durante esse tempo tem sido Earl, o baixote de boca suja ao lado de quem descobriu um tesouro dentro de casa: a coleção de DVDs do pai. Desde que se depararam com a expressão insana do ator Klaus Kinski na foto da capa de Aguirre, a cólera dos deuses, os dois vêm assistindo a centenas de filmes e produzindo juntos suas próprias versões dos preferidos (muitas vezes estreladas por Cat Stevens, o gato da família).

Quando Rachel, uma colega de classe, é diagnosticada com leucemia, Greg se vê obrigado a repensar os conceitos de sua calculadamente minimalista vida social. Porque sua mãe, cuja especialidade é vencer qualquer duelo verbal, acha que ele deve se aproximar da menina para tentar fazê-la se sentir melhor durante o tratamento. Assim, após constrangedores momentos de silêncio e piadinhas nervosas de gosto duvidoso, o rapaz descobre que os vídeos toscos realizados em parceria com Earl, aqueles que eles haviam jurado jamais mostrar a alguém, são a maneira mais eficaz de levar um pouco de alegria ao dia a dia de Rachel.

O que surge a partir daí, no entanto, não é uma história de amor e superação capaz de desafiar as forças da natureza – pelo contrário: Eu, você e a garota que vai morrer aborda questões como perda e amadurecimento por meio de uma narrativa realista, sincera e engraçada. Como uma espécie de O apanhador no campo de centeio da geração Z, o romance mergulha fundo na alma dos jovens para criar uma voz que tem o poder de cativar leitores de todas as idades.

Escuridão Total Sem Estrelas – Stephen King

Coletânea de noveletas.
EscuridãoTotal_BibliotecaDoTerror
1922 (1922, 2010): Wilfred James e Arlette James são donos de 100 acres em Hemingford Home. Enquanto sua irritante esposa quer vender sua parte para uma companhia, Wilfred quer manter suas terras. A cada dia que passa, Wilfred percebe que só há uma solução para o problema. Envenenando a mente de seu filho, Henry, os dois acabam por assassinar Arlette. A história é uma narração/confissão de Wilfred sobre como ocorreu o assassinato, e a série de terríveis eventos que foi desencadeada por causa do crime.

Gigante do Volante (Big Driver, 2010): Tess, uma escritora de suspense leve, vem suplementando sua renda por anos, servindo como oradora em alguns eventos. Em um compromisso de última hora, Tess vai fazer uma palestra na cidade de Chicopee. No caminho de volta para casa, ao pegar um atalho, um evento horrível mudará sua vida para sempre; após isso, Tess descobrirá um lado negro em si mesma que nunca imaginou possuir, e não descansará enquanto não obtiver a coisa que mais deseja: vingança.

Extensão Justa (Fair Extension, 2010): Dave Streeter está sofrendo com câncer e para aliviar a angústia resolve passear. Durante o passeio, ele conhece um homem misterioso que lhe oferece um “prolongamento de vida” de duas décadas. Porém, como é regra universal do mundo dos negócios, tudo tem um preço. Irá Streeter ceder à sedutora ideia de viver mais, em troca de prejudicar seriamente uma pessoa realmente próxima a ele?

Um Bom Casamento (A Good Marriage, 2010): Darcy Anderson, casada há 27 anos, aprende mais sobre o seu marido do que gostaria quando literalmente tropeça em uma caixa misteriosa sob uma mesa na garagem. Isto é apenas a ponta do iceberg, pois as descobertas que ela fará poderão colocar não só seu casamento e família em xeque, como também sua própria vida.

Por mim: Contos sobre o lado sombrio do ser humano. 4 contos instigantes, sombrios e sobre a natureza humana.
King escreve sobre como o ser humano reage as emoções que lhe são impostas: medo, abuso, raiva, egoísmo…. sentimentos que todo mundo esconde no íntimo, pois nem todo mundo está disposto a encarar a si mesmo.
Ganhador dos prêmios Bram Stoker e British Fantasy. O último conto virou filme: A Good Marriege dirigido por Peter Askin.

Até Você Ser Minha – Samantha HayesCAPA-Até-você-ser-minha

A assistente social Claudia Morgan-Brown está prestes a realizar o sonho de sua vida: vai dar à luz uma menininha. Apesar da ausência do marido ao longo da gravidez – James é oficial da Marinha e fica semanas e até meses longe de casa –, ela mal pode esperar para segurar seu bebê nos braços após várias tentativas e perdas.

Porém, as diversas tarefas de Claudia, além da responsabilidade de cuidar dos gêmeos Oscar e Noah, filhos do primeiro casamento de James, deixam o casal preocupado. A próxima partida de James se aproxima, e eles decidem contratar uma babá.

Zoe Harper quer muito o emprego. Com as melhores recomendações, ela conquista os gêmeos e se muda para o lar do casal. Mas Claudia logo percebe que a mulher tem outros motivos para se aproximar da família.

As suspeitas de Claudia se transformam em verdadeiro terror quando começa a ocorrer uma série de ataques brutais a mulheres grávidas na cidade. Imersos em problemas familiares, os investigadores Lorraine Fisher e Adam Scott são forçados a deixar suas questões de lado e correr contra o tempo para encontrar o assassino antes que ele cometa mais um crime.

Uma narrativa repleta de reviravoltas, Até você ser minha traz os desejos humanos mais intensos e mostra quão longe alguém pode chegar para conseguir o que quer.

Por mim: Encontrei esse livro por acaso, passeando pela página no Facebook da editora. Leitura intrigante, te faz querer ler todo no mesmo instante para chegar ao final. Suspense muito bom.

A Vida do Livreiro A.J. Fikry – Gabrielle Zevin

Uma carta de amor para o mundo dos livrosA_VIDA_DO_LIVREIRO_AJ_FIKRY_1399580293B
“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é
um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.

Por mim: A vida do livreiro A.J. Fikry é super leve e com uma escrita maravilhosa. É um livro sem pretensão nenhuma, que ensina a cada página e ainda por cima dá muitas dicas de livro.
Você faz questão de ler bem devagar, porque não quer que termine.

Anúncios